Após treinos em casa, Núbia Soares volta à corrida por índice olímpico na temporada indoor

19 de Julho de 2020 às 19:05

Depois de perder os Jogos Pan-Americanos de Lima e o Mundial de Doha por lesão, triplista do Barcelona traça como objetivo bater a marca de 14,32 m a partir de dezembro Após uma quarentena marcada por muitos treinos em casa, Núbia Soares já traçou o seu caminho para obter a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Morando em Guadalajara, Espanha, a atleta do Barcelona competirá na temporada indoor da Europa, a partir de dezembro, com o objetivo de bater o índice olímpico do salto triplo feminino, que é de 14,32 m. Nascida em Lagoa da Prata-MG, a triplista não competiu nos Jogos Pan-Americanos de Lima e no Mundial de Atletismo de Doha, ambos no ano passado, por conta de uma tendinite crônica. Recuperada da lesão, ela saltou 13,66 m no L'Anneau-Halle d'Athlétisme de Metz, França, Núbia, em fevereiro deste ano.

- O índice olímpico continua sendo o meu objetivo. Eu vou correr atrás. Vou fazer a temporada indoor de 2021 e temos alguns treinamentos periodizados para dezembro e para o início do ano que vem. Assim que tiver competições vou entrar em busca do índice para dar sequência ao planejamento - disse Núbia, recordista brasileira, com 14,69 m (1.3).

Terminada a quarentena na Espanha, Núbia retomou sua rotina normal de treinamentos há cerca de um mês e meio. Contudo, os treinamentos orientados pelo cubano Ivan Pedroso têm seguido todos os protocolos de segurança contra a Covid-19 com distanciamento mínimo de 2m para os demais atletas.

Mineira mora na Espanha e é atleta do Barcelona — Foto: Wagner Carmo/Divulgação

Mineira mora na Espanha e é atleta do Barcelona — Foto: Wagner Carmo/Divulgação

Apesar de ter vontade de voltar a competir em agosto e setembro, a triplista afirma que ainda tem receio das viagens internacionais. Ela, no entanto, deixa uma porta aberta caso haja eventos seguros para atletas e integrantes das comissões técnicas.

- Se tiverem eventos confirmados na Espanha eu pretendo participar, seria melhor. Se tiver fora e eu for convidada vou competir também. Resumindo: vou entrar na competição que eu conseguir nesses próximos meses. Como vou competir indoor, não posso começar a base muito tarde também - frisou.

Como todo mundo que seguiu as recomendações médicas, Núbia ficou em casa por quase três meses, entre março e maio. Além dos treinos com bike, esteira e as série de fortalecimento, a atleta aproveitou o momento sem competições para estudar espanhol, tocar violino e ficar no celular conversando com amigos e família.

- Eu treinava de manhã e de tarde porque ficar dentro de casa parada não dá. Treinei bastante na quarentena, em casa mesmo. Mas consegui estudar e tocar um pouco, para relaxar, colocar a cabeça no lugar e dar continuidade a vida - finalizou.

FONTE:https://globoesporte.globo.com/atletismo/noticia/apos-treinos-em-casa-nubia-soares-volta-a-corrida-por-indice-olimpico-na-temporada-indoor.ghtml

Assuntos:

NubiaSoaresVoltaCorrida