Atleta do mês Março/2020: Geração Igualdade - Mulheres

Atleta: Geração Igualdade - Mulheres

Esporte: Atleta: Corra, Pedale, Nade!

Idade: 25

Entrevista:

 

A Declaração e Plataforma de Ação de Pequim de 1995 (Plataforma de Ação de Pequim) estabeleceram uma agenda visionária para o empoderamento de mulheres e meninas no mundo todo. A Plataforma de Ação de Pequim foi elaborada na maior assembleia de defensoras da igualdade de gênero de todos os tempos: a Quarta Conferência Mundial sobre Mulheres, realizada em Pequim, na China. Ela foi adotada por 189 governos comprometidos em adotar medidas estratégicas e ousadas em 12 áreas fundamentais: pobreza, educação e formação, saúde, violência, conflitos armados, economia, poder e tomada de decisão, mecanismos institucionais, direitos humanos, meios de comunicação social, ambiente e meninas.

Em 2020, as propostas da Plataforma de Ação de Pequim para remover as barreiras sistêmicas que impedem as mulheres de participar em condições de igualdade de todas as áreas da vida, tanto na esfera pública quanto na esfera privada, completam 25 anos. Apesar de ser possível constatar alguns progressos, a produção de mudanças reais na vida de meninas e mulheres tem sido demasiado lenta. Até hoje, nenhum país alcançou plenamente a igualdade de gênero. Múltiplos obstáculos legais e culturais permanecem inalterados. Como resultado, as mulheres seguem sendo subvalorizadas, continuam a trabalhar mais, ganham menos, têm menos opções e experimentam múltiplas formas de violência em casa e em espaços públicos.

A ONU Mulheres está no centro da mobilização de governos e sociedades civis para manter vivas as promessas da Plataforma de Ação de Pequim para toda a sociedade. Em todas as suas ações, está empenhada em tornar a igualdade de gênero uma realidade para todas as mulheres e meninas que historicamente foram marginalizadas. Esta é uma visão de um mundo mais próspero, pacífico e justo que, em última análise, é melhor tanto para mulheres quanto para homens.

A geração igualdade começa agora.

 

Geração Igualdade/

 

No mundo de hoje, tanto mulheres quanto homens – e meninas e meninos – em todo o mundo estão falando por si mesmos e por aquelas que foram silenciadas, estigmatizadas e constrangidas por tempo demais. Muitas delas são de uma nova geração. Uma geração que tem se permitido re-imaginar economias, sociedades e sistemas políticos para promover os direitos humanos e alcançar a igualdade de gênero, não deixando ninguém para trás. A ONU Mulheres está reunindo as próximas gerações de ativistas dos direitos das mulheres a defensoras e defensores da igualdade de gênero e visionárias que foram fundamentais para a criação da Plataforma de Ação de Pequim há mais de duas décadas. Juntos, aliados e aliadas de todas as idades e gêneros podem empoderar as mulheres através de uma nova campanha: “Geração Igualdade: Realizando os Direitos das Mulheres por um Futuro Igualitário”.

A campanha Geração Igualdade demanda igualdade de remuneração, divisão igualitária do trabalho de cuidado e do trabalho doméstico não-remunerado, o fim do assédio sexual e de todas as formas de violência contra mulheres e meninas, serviços de saúde que atendam às suas necessidades e participação igualitária na vida política e na tomada de decisões em todas as áreas da vida.

Uma série de momentos-chave:
A comemoração do 25º aniversário da Plataforma de Ação de Beijing em 2020 é um ponto de encontro para impulsionar os direitos humanos de todas as mulheres e meninas e será organizada como uma mobilização global. Ao longo do ano, a ONU Mulheres também será parte de outros momentos importantes para o movimento dos direitos das mulheres do século XXI:
• 20º aniversário da Resolução 1325 do Conselho de Segurança da ONU sobre mulheres, paz e segurança;
• 10º aniversário da nomeação de ONU Mulheres como defensora global do empoderamento de mulheres e meninas;
• 5º aniversário dos Objetivos Globais de Desenvolvimento Sustentável.

A comemoração do 25º aniversário da Declaração e Plataforma de Ação de Pequim
Estes são alguns dos momentos importantes no qual a ONU Mulheres vai se engajar com defensores da igualdade de gênero dos governos e sociedade civil no caminho para comemorar o 25º aniversário da Declaração e Plataforma de Ação de Pequim:

 

Fonte:http://www.onumulheres.org.br/geracao-igualdade/